Resultados do 11.º Concurso Internacional de Composição da P.V.

O júri do 11º Concurso Internacional de Composição da Póvoa de Varzim (CICPV), constituído pelos compositores António Pinho Vargas (Presidente), Carlos Caires e Sérgio Azevedo já anunciaram a seleção das duas obras concorrentes apuradas para a final do próximo dia 19 de julho, num concerto integrado na 40.ª edição do Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim.
Trata-se de “Recorda” para quarteto de cordas de Rodrigo Gonçalves Bacelar e de “Tragoidia” para quarteto de cordas, de Carlos Filipe de Sousa Lopes. Ambos os finalistas são portugueses (Porto e Guimarães). O júri decidiu também atribuir uma menção honrosa a “Quimera Etérea” de Inés Badalo López (Olivenza, Badajoz).

No final do concerto expressamente dedicado ao CICPV, a cargo do Quarteto Verazin, o júri anunciará a ordem definitiva dos prémios. O Prémio “Câmara Municipal da Póvoa de Varzim” (1º prémio) é de dois mil e quinhentos euros e o 2º, no valor de mil euros, tem a designação de Prémio “Associação Pró-Música da Póvoa de Varzim”.
Além da estreia em concerto integrado na 40.ª edição do Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim as selecionadas serão editadas em partitura.

Notícia disponível In: Câmara Municipal da Póvoa de Varzim/Notícias, 27.4.2018

Anúncios

Sobre APMPV

A Associação Pró-Música da Póvoa de Varzim, foi criada a 24 de janeiro de 2003, numa parceria da Câmara Municipal com a Banda Musical da Póvoa de Varzim, que passou a gerir, para além do Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim (FIMPV) e da Orquestra Sinfónica da Póvoa de Varzim / Quarteto Verazin (desde 2007), a Escola de Música da Póvoa de Varzim (EMPV), desde então assim designada.
Esta entrada foi publicada em Concursos, Notícias, Novidades. ligação permanente.